domingo, outubro 15

302. Mais um fim-de-semana em que me refugiei na serra, não sem antes ter ido na sexta à noite "dar música à malta", com o Zé Maria, no CheSsenta!
Desta vez armei-me em carpinteiro! Resolvi afinar(?) a porta e montar um fecho de segurança! Tarefa simples, julgava eu! Só que me esquci que a portinha pesa mais de 50 quilos! Vai daí, a meio da operação, partem-se as dobradiças!
Grande bronca! E agora? Fica a casa sem porta? Depois de ter dito todos aqueles nomes bonitos que vocês sabem resolvi meter-me no carro e ir atá à Guia comprar dobradiças novas! Do mal o menos! Fez-se um passeio e aproveitou-se para ver outras coisas! No regresso passo por Alte, terra que sempre me encantou, tomo uma bica, e vamos para casa pois há trabalho a fazer!
Tira parafuso, mete parafuso! Tira dobradiça, mete dobradiça! Depois, a parte mais difícil:-enfiar a porta! Muita "luta", mais pra lá, mais pra cá, sobe, desce! Porra que isto não entra!!
Pausa para descanço! Nova tentativa! E mais outra e outra ainda! Finalmente a "desgraçada" entrou!
Experiência:- Não fecha!? Chega a meio e não vai mais! Mas que mistério é este?
Revejo tudo e....nada! Mas que porra é esta? É que não fecha mesmo! Chega a meio e....
Será dos parafusos? Batem uns nos outros? Lanterna! Observação cuidada! Não, não é!
Dobradiça velha, dobradiça nova! Há aqui qualquer coisa que não bate certo! "Já deito fumo de pensar tanto"!
De repente, fez-se luz! Cheguei à brilhante conclusão que conforme o sentido de abertura das portas as dobradiças têm que ser diferentes! Eu nunca tinha pensado nisto e não sabia! E para cúmulo do azar, comprei logo mais umas quantas para ficarem de reserva! E eram todas iguaizinhas! Todas para o lado contrário......
Presumo que se estão todos a rir desta barraca que dei! Estamos sempre a aprender!
Finalmente, com novas invenções lá consegui provisóriamente deixar a porta a funcionar!
Foi uma luta titânica! Era só uma questão do lado errado tal como Jorge Palma diz no tema
"O lado errado da noite".

3 comentários:

J. Seita disse...

É assim amigo Pedro, fazendo as coisa nós aprendemos e deixa de fazer sentido aquela, de quem te mandou sapateiro tocar rabecão .

Um abraço

J. Seita

Isabel-F. disse...

AInda me ri um bocado com esta tua descrição ... a Aventura da porta e das dobradiças....

Vim desejar-te uma boa viagem a Moçambique ...diverte-te e mata saudades ...

Boa semana para ti

Bjs

Patricia disse...

oi... passei só para te deixar uma beijoca! quando tiver tempo, prometo que comento tudo como deve ser!

beijos