quinta-feira, outubro 16

Começa àmanhã

Começa àmanhã mais uma edição da Feira de Stª. Iria em Faro.
O que durante anos e anos era o pretexto para fazer deslocar algarvios do interior até Faro, tem vindo a pouco e pouco a perder esta "função"!
Nesse tempo havia quem viesse propositadamente a Faro, para vir à feira!
E depois aguardava 365 dias para cá voltar!
Hoje tudo é diferente!
São poucos os habitantes da serra que aguardam pela Feira de Stª. Iria para vir à cidade!
São poucos e em breve não será nenhum!
Sim, porque as novas gerações têm "outras feiras" para se divertirem!
Até porque etes certames perderam tudo o que tinham de original!
Hoje são barracas atrás de barracas, normalmente de indianos, todos a vender os mesmos artigos, que também podem ser comprados na "China Town" de qualquer cidade!
Produtos contrafeitos há com fartura!
E há também a barraca das farturas!
Venda de frutos secos e outras raridades do Algarve, há muito que desapareceram!
A venda do gado também foi proibida nestas "festas"!
O Circo, os carrinhos-de-choque e carroceis continuam e pouco mais há!
Por vezes aparecem uns "quiosques" de associações várias e até de partidos politicos!
Uma tasca ou outra, para refrescar a garganta, automóveis e máquinas agrícolas, um palco onde se exibem alguns artistas e, é isto a feira!
E, no caso concreto de Faro, é triste que seja das poucas cidades do Algarve, que não tem um local próprio para levar a efeito estes acontecimentos!
Vamos desejar que este ano não voltem a sacrificar as àrvores do Lgº. de S. Francisco, e pedir paciência a quem costuma utilizar o estacionamento daquele parque!
Um dia, tenho esperança, Faro terá um parque multiusos onde irão decorrer feiras, exposições, congressos e similares!
Quando ? Não sei !
Um dia....

21 Comments:

Blogger Vitor Ramos said...

Feira muito fixe
Vim cá para vos dizer para passarem por o blog do Futebol Clube São Luis e para comentarem
Obrigado

http://fcsaoluis08-09.blogspot.com/

9:17 da tarde
Anonymous marceano said...

A Feira de Sta. Iria,
antigamente chovia nestas feiras desta época. Sempre contra vapor dos gostos. E lá andávamos, prazenteiramente, de lado para o lado a desviar das poças de água e lama.
Estas feiras traziam vários carrouceis, vária pistas de carros,vários circos, em simultaneo. Que gostaríamos de visitar..todos. Faziam parte dos desejos anuais de divertimento. Ansiosamente esperados todo o ano.
Hoje não se vende gado mas vendem-se tractores e automóveis e objectos pequenos, todos iguais..Nada contra. Mas podiam lá deixar ir uns machos, burros, cavalos, touros e vacas..Até alguns tocadores de harmónio.
Mas a natureza está proíbida.
Após essas decisões anti-populares, até porque a malta nova só quer é hamburguers, cerveja e ruído, fica um espaço cheio de vazio e ruidoso.
O que incomoda tudo e todos.
Vamos lá concerteza pelas saudades de uma fartura, e porque não umas também modernas caipiroscas ou ginginhas, ou um frango, bom..!
Sobretudo pela saudade destes eventos tradicionais, que quentes..já não são.
Mas lá iremos, concerteza. Sorrindo de saudade..!
Pedro, não é plágio, é o mesmo prazer.!!
Cumprimentos

11:05 da tarde
Anonymous Anónimo said...

ESPERAMOS QUE A FEIRA SEJA UM SUCESSO ESPECIALMENTE, NO QUE AO ESPAÇO DA JSD DIZ RESPEITO. Já agora aproveitamos para os convidar a visitar o nosso Blog TEMAVONDE. CNORTE e BLAGE

11:54 da tarde
Anonymous Anónimo said...

"A venda do gado também foi proibida nestas "festas"!"

AHAHAH!! Havia de ser bonito começar a vender gado no meio da feira!!
Mudam-se os tempos mudam-se as vontades!! Agora a feira é alvo para um público mais jovem e posso dizer que vem muita gente jovem do interior à feira de Faro. O meu amigo não deve ir à feira já há algum tempo, porque existe várias barracas a vender frutos secos e afins na Feira..

Só concordo numa coisa... O espaço multiusos! Feira, Concentração, Semana Académica e recepção dos caloiros tudo num unico espaço que não incomodasse alguns moradores!

12:06 da manhã
Blogger Pedro said...

As feiras eram entrepostos comerciais onde se vendia de tudo! Eu ainda me lembro que na Feira de Stª. Iria se negociava gado na zona da carreira de tiro!Se houvesse condições podia perfeitamente continuar-se a negociar gado, aves, etc..Ainda há em Portugal muitos sítios onde isto acontece! Mas é preciso ter condições!
E como costumo ir todos os anos à feira, vou ver com mais cuidado o que por lá aparece que não tenho visto!Eu também sou expositor na Feira de Stª. Iria!
E posso dizer-lhe que o investimento não tem retorno absolutamente nemhum!
É só por uma questão de marcar presença!
Mas uma coisa é certa; o cariz popular destas feiras vai desaparecendo todos os anos!
E quando diz que "o alvo publico são os jovens" só me dá razão para confirmar que não há nenhum retorno nas àcções feitas na Feira!
Infelizmente o poder de compra dos jovens é ainda baixo...
Boa Feira e divitam-se
cmpts
Pedro

1:36 da tarde
Anonymous marceano said...

Vou responder a este puto que escreveu esta boca: será que ele pensa numa kermesse à moda dos jovens incolores?
Vazios e sem cores?
Cresce e aparece. Já tens buço ou barba?
Ou fazes parte do que não interessa a ninguém, nem a quem gosta de ti?
Se mandasses cópia aos teus pais, eles entenderiam o que escreves e dizes, só porque, talvez tenhas um "Magalhães"?
Todos os magalhães falam, simplesmente será necessário dizeres alguma coisa.
Isto é o Portugal do futuro...fútil, imbecil..!!
Portugal não é um alterno.
Fixa bem. Já pagaste o magalhães??

5:22 da manhã
Anonymous Anónimo said...

Já fui à Feira. Está bonita, ordenada e bem arranjada. Eu gosto. Este ano colocaram a tenda da Câmara e das associações noutro local e pouparam as árvores. Parabens à organização por ter corrigido o erro do ano passado. Gostei!

3:19 da tarde
Anonymous marceano said...

Terei de voltar ao tema para "polir" os pontos onde fui agreste.
Isto da juventude, à qual ainda pertenço.. é bom.
Mas quando se trespassa os saberes, a cultura, a história, para uma de cerveja... fica-se agreste.
É claro que as bebedeiras de estudantes são coisas sempre bem vividas, bué!
Já o fomos e muitos continuam na onda.
Mas para os 10 dias de festas estudantis onde pensam que podem fazer o que lhes dá na gana.., bom, em principio tá-se bem.
Mas que não se perca o respeito à sociedade. Os outros não têm que gramar os excessos.
Perante a moderna atitude que "isto é tudo nosso" proporia que fizessem as festas lá para a fonte férrea de S.Brás do Alportel.
Aí, até a terra pode abanar.
E não é um velho que fala. É a juventude que sabe que esses temas do baptizo dos caloiros, a semana académica estão passando a excessos de guindaille.
A rádio, a associação, os pequenos interesses políticos para os que começam cedo a pensar que Portugal será um percurso eterno para este novo estado de espírito, são enganos.
Já não são coisas que passem de pais para filhos, sem ofensa..
Porque, tal como está a problemática financeira do mundo, que vai provocar uma grande mudança nas nossas vidas, a juventude actual terá também de se adaptar e começar, de facto, a pensar como irão sobreviver neste caos.
O mundo não é só cerveja, -também gosto- o mundo tem de ter novos pensamentos válidos e menos criancices, só porque se é estudante.
Façam lá os Erasmus e depois, voltem para lá.
Continuaremos a beber cerveja, mas bem mais modernos.
Portugal bem precisa de queimar esse bolor todo que bem cheira, mal.
Cumprimentos

10:27 da tarde
Anonymous Anónimo said...

Diz que cada vez vem menos gente a Feira, e bom que veja com olhos de ver pois no Domingo mal se conseguia andar tanta era a multidão e olhe que pessoal da serra estava em grande quantidade.
Os frutos secos a anos que vêem marcando presença por isso veja com olhos de ver antes de falar.
Feirante

9:53 da manhã
Blogger Pedro said...

Os feirantes têm uma forma especial de falar....
Não fui no Domingo à feira mas fui na segunda! E não vi os frutos secos e pessoas, quase dava para se contarem!
Portanto continuo a dizer que cada vez este tipo de acontecimentos arrasta menos gente!
E sabe o feirante que no Domingo foi a Feira de Castro Verde onde estavam muitos algarvios do interior?
Portanto, Sr. Feirante, se a feira são 10 dias e num está muita gente, isso não quer dizer que a feira não esteja a ter menos gente!
A própria organização da Feira corrobora este facto!
E quanto aos produtos regionais do Algarve,se calhar também só lá estiveram no Domingo!
Hoje irei novamente para poder contrapôr ao feirante!
"Boas vendas na Feira que já foi..."

1:00 da tarde
Anonymous Anónimo said...

Não os produtores têm la estado toda a semana o Sr e que se calhar ainda não teve tempo de sair do pavilhão onde esta pois se for olhar na terceira rua da direita a mais perto da tenda das entidades encontrara quatro produtores de frutos secos de varias localidades do Algarve.
Não sei e que como tantos expositores ainda vêem a FEira quando o Sr diz que a Feira já foi, inclusive aqueles que não têm a profissão de feirantes como as marcas de automoveis e barcos será que o dinheiro e tanto que o podem esbanjar em eventos no qual segundo diz não existe qualquer retorno !!!
Feirante

10:14 da manhã
Anonymous Anónimo said...

pois eu n sou feirante e prtilho da mesma opinião do feirante. e não viu os frutos secos?????
deve andar com problemas graves de visão!
ou então a feira devia estar como no domingo e não vazia como está a referir.
olhe k a tenda até é bastante grande!

11:26 da manhã
Blogger Pedro said...

Para o sr. Feirante, se não sabe..., fazem-se investimentos sem retorno directo, percebe?
E se acha que a Feira melhora de ano para ano, fique com a sua que eu fico com a minha! Todas as feiras deste tipo têm vindo a perder visitantes! Informe-se e depois manifeste-se!
Quanto aos produtos regionais, aconsenlho e visitar uma verdadeira Feira de produtos regionais! Já foi a alguma? Qualquer semelhança é pura coincidência!
E o que diz ao número de visitantes na 2ª e 3ª feiras? Muita gente???
Pelos vistos tenho mesmo que ir ao médico dos olhos...
Pedro

1:11 da tarde
Anonymous Anónimo said...

O Feirante e Cª devem fazer parte da Alentexpo e não convém dizer que a feira cada vez está mais fraca! É estragar o negócio a quem arrenda os espaços para as barracas, pavilhões, etc..
Cada vez mais a feira são dois dias e depois acaba-se.
Vitó

2:42 da tarde
Anonymous Anónimo said...

O Sr sem duvida e dos que gostava que a Feira acaba-se se calhar para não ter que ir para lá de serviço. Ninguem disse ao contrario do que o senhor afirma de que a feira de StªIria é uma feira de produtos regionais, o que eu disse foi que se encontram quatro expositores de frutos secos e além dele esta tambem um expositor de licores regionais que presumo tambem ainda não tenha visto.Quanto ao numero de visitantes gostava que o Sr me disse-se qual é o evento que têm o mesmo numero de visitantes ao fim de semana e aos dias de semana, não é com certeza por acaso que mesmo as feiras em Lisboa no Parque das Nações apanham sempre o fim de semana.
Feirante

2:43 da tarde
Blogger Pedro said...

Sr. Feirante
O facto de eu ser expositor não quer dizer que eu tenha que ir para lá de serviço!Por outro lado o que lá tenho exposto está na rua e não num pavilhão!Por outro lado reafirmo que estas feiras têm cada vez menos visitantes! A Feira de Faro em boa verdade resume-se ao sábado e domingo! Durante a semana tem umas dezenas de visitantes! Ainda ontem assim foi! E hoje em dia já não se fazem negócios na Feira! Isso foi há muitos anos!Portanto, eu não quero que a feira acabe, não é para não ter que fazer serviço à mesma, mas porque é um acontecimento que tem que ficar para sempre! Faz parte da nossa cultura farense! Mas, tem que se dar à Feira o valor que ela tem! E para fazermos uma feira como deve ser, antes de mais tem que haver condições para a fazer! É este o ponto que desde o principio defendi e defendo!
Feira sim em lugar condigno! E aí poderemos fazer a feira voltar aos bons velhos tempos!
Bom negócio
Pedro

10:27 da manhã
Anonymous Anónimo said...

Parece que neste post o Sr. Cabeçadas ficou mal visto!! Como aquele há uns tempos da secretária!

Fala-se demais!!

anónimo das 12:06 (o puto:por marceano)

2:57 da tarde
Blogger Pedro said...

Parece-me que o "puto" é que levou uma tareia do Marceano!
E eu só fico mal visto se quiser!Se der importância a "putos e feirantes"...ehehehe.
Mas não dou e farto-me de gozar com isto.
Pedro

3:00 da tarde
Anonymous Anónimo said...

Tarei nunca levei de ninguem e nao levo muito menos desse velho forreta..

Para além de ficar mal visto é "cego" e não quer ver...

5:18 da tarde
Anonymous Anónimo said...

Não batam mais no puto. Coitado

5:48 da tarde
Anonymous Anónimo said...

O puto nem deve saber interpretar e tem a mania que é Taezan!rsrsrsr

6:17 da tarde

Enviar um comentário

<< Home