sábado, dezembro 13

Futuro Hospital Central do Algarve

(maquete)

2 comentários:

ana pereira disse...

Muitos enfermeiros e alunos de biomédica e outras áreas compatíveis com medicina, aguardam ansiosamente que abra. Segundo li, terão prioridade no acesso a Medicina. Tardiamente, é certo, mas o que interessa é entrarem, nem que tenham 30 anos.
Enquanto Portugal não se libertar do atraso de quase 50 anos em relação à Europa, Medicina será sempre um sonho adiado para muitos jovens que poderiam ser excelentes médicos.

Anónimo disse...

o heliporto demasiado perto do edificio e rodeado de árvores... hhmmm... isto começa bem (mal)...