terça-feira, julho 28

SALVEM A SÉ CATEDRAL DE FARO

Caros Amigos,
Acabei de ler e assinar a petição online: «SALVEM A SÉ CATEDRAL DE FARO»
http://www.peticaopublica.com/?pi=P2009N287
Eu pessoalmente concordo com esta petição e acho que também podem concordar.
Subscrevam a petição e divulguem pelos vossos contactos.
Obrigado, Pedro Cabeçadas

5 comentários:

marceano disse...

Já subscrevi a petição. Nela comentei a chamada de atenção que fiz então ao Dr. Henrique sobre o facto das pedras das esquinas terem sido pintadas, para mim um crime arquitectónico. Argumentou então que a responsabilidade dessa obra seria do patrocinador, penso que foi a CMFaro.
A seguir teremos o Arco da Vila que no tempo do Dr. Botelheiro foi "lavada" com ácido clorídrico diluido, o maior criador do cancro da pedra. Escureceu novamente e sabe-se lá como estará a cristalografia da superfície porosa das pedras... seguramente irá erodir-se muito mais rápidamente...
Coisas das ignorâncias. De certeza que o caderno de encargos não contemplou este meio de limpeza...agora é tarde.
Mas uma dica fica aqui: A Universidade do Minho está bem centrada neste tipo de técnicas e solucções, além de que agora já existem empresas comerciais especializadas em tratamento das superfícies de pedra.
A ciência evolui, mais do que certas mentes dos poderes, os que decidem sobre as nossas vidas, normalmente mal. A quem pagamos, todos...

Pedro Cabeçadas disse...

Caro Marceano
Obrigado pelo teu comentário!
Como sempre "estás por cima"!
Abr
Pedro

Anónimo disse...

Qualquer dia não temos património!

Anónimo disse...

Como é possível acontecerem estas coisas?
Será que as entidades que têm responsabilidade nestas àreas não sabem o que fazem?
IPAR,CMF, Igreja....

marceano disse...

Boas, companheiro Pedro !
2, 3 comments.
Vou sempre a adf depois de vir visitar o teu local. Caminhos certamente paralelos, pelo menos no que toca ao meio, o nosso, onde vivemos. Depois, ambos os blogs pugnam de um modo correcto, por Faro. E bem.
A adf serão seis..mais.. jovens, bons, seguramente e,como em todo o lado, sempre diferentes. Claro.
Admiro a complacência de ambas as equipes.
Porque penso que nenhuns destes conjuntos pretendam favores pessoais das oligarquias partidárias que se apresentam.
Um blog é um local livre onde cada qual poderá, por deferência própria de seus "donos", pôr, propor, comentar, criticar, declamar, discorrer, inventar, reclamar, etc, etc.. apoiar, etc.
Tudo isto pressupõe que, 35 anos após Abril, integrados numa europa livre, não muito limpa, mas bem melhor vivência do que por cá, que se faça uma prática de diálogo, até de luta, mas, em 2009, de um modo mais evoluido.

Por cá é partido A e B, o clube A e B, a terra A e B.

Bom, isto é bem sabido, basta ler os anonimatos todos, enfim, quase todos.
Disse quase todos em honra dos que, pelas ligações objectivas, precisam de expôr as suas idéias mas com receio das vingançazitas de merda, do poder de merda que temos., se disfarçam. Aceito, claro.!
Porque estaremos ainda na idade média, a nível do poder. O medo..real.!!
A única diferença que encontro entre Portugal e a Europa é a falta de um sistema global da justiça rápida, eficiente e independente.
É a única diferença.
Na prática, para quê "reclamar" se a justiça não é pronta?
Dá tempo, pois, a quem dela "abusa", o crime social, o crime institucional. Esta é uma luta a que assisto, falo por mim, apenas.
Tal desfasamento no tempo permite a alguns-muitos-abusarem impunes. Mas prejudica um povo inteiro que caladamente sofrendo, olha para o lado, lixa-se pró sistema e, não vota.
Os blogs, a origem desta conversa, abrem as opiniões.
Mas são espaço aberto para toda a bandalheira intelectual..
Defendo os blogs mas também me insurjo com tanta palhaçada escrita, hoje todos temos um pc-personal computer-.
Mas e a justiça, funcionará ou não ?
Para acabar, esta será a principal razão de sermos 15 milhões de portugueses. 10 cá, 5 lá fora.
Seguramente. Envergonha-me tal cisão, a todos nós, os 15 milhões, de certeza.
Um abraço amigo.