quarta-feira, setembro 16

Hoje, Francisco Louçã em Faro

Legislativas 2009/BE: Louçã em campanha em Faro (Observatório do Algarve)
Hoje é o dia, ou melhor, a noite, de Francisco Louçã em Faro!
Este é um partido com um potencial interessante mas que em Faro não tem nenhuma figura de proa!
Acredito que possa vir a ser no médio prazo, um partido com peso (ainda mais) na política nacional!
O tempo o dirá!

5 comentários:

marceano disse...

Menos marxistas, mais humanistas e mais adaptados às precárias realidades do país, serão seguramente um partido definitivamente socialista, europeu, a sério.O espaço político já está disponível...

Anónimo disse...

Concordo em absoluto com o que diz o Sr.Marceano!

Anónimo disse...

Cristo morreu, Marx morreu e eu já não me sinto muito bem...

Anónimo disse...

Foi um debate morno ( entre namorados Louça/ Jerónimo) porque é fácil criticar em uníssono quando os intervenientes não têm responsabilidades governativas. Estes senhores nunca tiveram que decidir nada. Aliás a estratégia é ser OPOSIÇÃO SEMPRE. Provavelmente só governariam se o regime fosse de PARTIDO ÚNICO e de PENSAMENTO ÚNICO. Depois de 50 anos de obscurantismo e de atraso não sei se os Portugueses aceitariam uma coisa dessas.Também é certo que ninguém é senhor da Verdade e a luta por melhores condições de vida deve continuar. Só que na vida de todos os dias há razões que a própria razão desconhece e a retórica passa a utopia.

Um cidadão da esquerda racional

marceano disse...

Mas se se quizessem juntar, inteligentemente, que são de certeza, seriam úteis ao povo a quem apelam o voto.
Não queremos regimes venezuelanos, estamos na europa.
Na Europa, sigo-os,observando, sem marxismos, em democracia actual, está doente mas é a que há.
E quem dá o que tem...
Juntem-se.
Fazem falta para cumprir uma data.
Estando na Europa,..regras do jogo a seguir..!!
Mas de facto a história diz que os pactos se assinam mas nunca foram cumpridos depois,.. então passando ao lado, vocês, da razão, dividam lá então para reinar.. num penico, a vossa assumpção. Não conseguem, gostam...contudo da exploração portuguesa, a vossa política, da treta, os sndicatos políticos, nunca sociais e humanistas.
Cumprmts