quarta-feira, novembro 4

Os três pilares da economia


8 comentários:

cuidadano disse...

Aí o boneco do "gobierno" faz-me lembrar um tal Macário.

Anónimo disse...

com um post destes isto nem parece um blogue de apoio a um candidato do centrão capitalista.
é o novo fascismo, adorado por todos e legitimado pela suposta democracia pluralista.

marceano disse...

Fabuloso grafismo alegórico..
Que mais haverá para dizer??
Sem "clubites"...nem bandeiras.
será só agora, sózinho por aqui, porque àmanhã.~~..zzzzz

Anónimo disse...

1º PILAR = GOVERNO = JOSÉ SÓCRATES
2º PILAR = CIDADÃO = ZÉ POVINHO
3º PILAR = BANCA = ARMANDO VARA

SERÁ SOMENTE COINCIDÊNCIA????????

Lima disse...

Isto perece que foi feito em Hespanha, embora se adapte muito bem à nossa situação, Mas "com os diabos" já tudo vem de Hespanha!
Só não sei é de onde vem o dinheiro para pagar as importações.
Será que o turismo cobre tudo?
Ou qualquer dia acaba-se o credito e já não há mais importações?
e o que faremos então, sem agricultura, sem industria e sem pescas?

Anónimo disse...

Por acaso não acho que o boneco do "Gobierno" seja parecido com ninguém. O que acho, é que há por aí uns PS que ainda não digeriram o sapo que engoliram nas autárquicas. Tomem qualquer coisa para a digestão, que tanto rancor só lhes pode fazer mal.

Fega

Anónimo disse...

Macário e gente do PS é tudo a mesma m...

marceano disse...

O dinheiro prás importações vem, na maior parte, de empréstimos da banca internacional.
O estado é o último na linha das falências.
O aval será válido apenas, por ser um Estado.
E os estados mandam nas bancas, jogos cruzados.
É o que penso.
Nem sei se este filme terá um fim... dado o enleio que enleia a finança e a política internacional efectiva.
A teia...
Se não exportarmos mais..o fim não será risonho.
Exportar é vender o que se produz por cá.
Se ninguém ligar à produção das pmes será como uma falencia de Portugal.
Ou produzimos ou, rua...Por isso afirmo, queremos gestores capazes, não queremos políticos coloridos..
cumprmts