sexta-feira, novembro 27

Primeira derrota do Governo PS

O novo governo PS, sem maioria absoluta, teve hoje o seu primeiro"amargo de boca"!
Depois de 5 anos a aprovar o que queria e lhe aptecia, não gostou da derrota de hoje na Assembleia da República!
A votação do novo Código Contributivo, que deveria entrar em vigor a 1 de Janeiro, provocou a suspensão do mesmo por mais um ano, o que já levou o Governo PS a reagir de forma categórica acusando a oposição de "provocar uma quebra de receitas fiscais"!
Começa assim o novo Governo PS a sentir na pele a falta da maioria!
Este será certamente o primeiro caso de muitos semelhantes que aí virão!
E assim veremos se o desgaste provocado não irá conduzir à queda do Governo!
Infelizmente, a opinião de muitos "expert" é que este é mesmo um Governo a prazo!
Vamos ver e agurdar!
BFS

quarta-feira, novembro 25

A justiça que (não) temos

A Justiça em Portugal chegou ao seu nível mais baixo de sempre, ao ponto de pôr em causa a própria democracia!
O caso "Face Oculta" que tem ocultado demasiadas coisas, ao ponto de agora, além de ocultar querer também "destruir algumas faces do processo, nomeadamente o Primeiro Ministro", tem hoje mais um episódio!
Enquanto o Governo desvaloriza o processo, temos agora que a Justiça suspendeu o "maior" da REN, José Penedos, que se junta aos 16 arguidos já constituídos!
Então, o processo não tem a dimensão que o Governo lhe dá?!
Tem mas é muito mais, e em qualquer País "normal" o Primeiro Ministro "já tinha ido de carrinho"!
Entretanto este é mais um "espectáculo" que nos faz esquecer, por exemplo, que faz hoje 5 anos que começou o julgamento do caso Casa Pia!
BPN e Millenium começam a ser esquecidos!
Até a gripe já passou para segundo plano...
E assim, "com todos estes espectáculos, o circo continua mas com artistas de muito pouco gabarito!"
Será que temos os artistas que merecemos?
Responda quem souber!

domingo, novembro 22

N de NATAL

No abecedário de Faro, chegamos à letra N.
Confesso que não encontrei nada da cidade para associar a esta letra!
Provavelmente alguns leitores estarão a dizer "este TóTó não se lembrou de N...."
Mas a verdade é que me deu uma branca e não encontrei assunto para a letra!
Assim resolvi falar do Natal e particularmente em Faro!
Este tema há mais de dois mil anos que é falado, e lá volta todos os anos à ribalta, sempre actual!
Num país católico como o nosso, esta época é carregada de grande simbolismo e de um espírito particular, o espírito natalício!
Pena é que contrariamente ao que costumamos dizer que "Natal é sempre que um homem quer", este espírito seja cínico, falso, enganador,...
Neste período somos todos "salamaleques" e votos de isto e mais aquilo!
Espírito fraterno, carregado de ternura, amizade, paz, paixão,...
E oito dias depois já nos esquecemos de tudo e continua a habitual cretinice!
E assim, os anos passam iguais aos anos que vão distantes!
Pois Faro, este ano, tem menos luzinhas!
O novo Presidente, face à agonia financeira da Câmara, reduziu a verba para a iluminação de Natal!
Pessoalmente concordo e espero que os comerciantes da cidade, compensem esta redução de iluminação com a decoração das montras dos seus estabelecimentos com um pouco mais de vida!
Há que cortar nas despesas superfulas para equilibrar o orçamento!
O comércio local prepara-se para facturar mais nesta altura do que todo o resto do ano! È realmente um fenómeno de despesismo a levar muita gente a cortar no essencial para poderem oferecer uma qualquer prenda a alguém!
Na actual situação económico-financeira seria normal que houvesse uma quebra de vendas nesta época, o que não acontece!
É o espírito a dominar!
Festa da família traz a Faro muitos Farenses que vivem noutras zonas e que com redobrado prazer voltam à sua terra!
Missa do Galo, cada vez com menos crentes, mas esse é um problema da Igreja que vê ano após ano, menos fiéis à sua volta, e a ceia de Natal!
O habitual peru para alguns, e uma barrigada de fome para outros!
O Algarve tem este ano mais 9 mil desempregados que tinha há um ano atrás!
Como será o Natal da família destes desempregados?
Mas, também recebem os votos de Bom Natal e Feliz Ano Novo!
Bom Natal......Mas que Natal ?
Será um Natal de tristeza que muitos compatriotas nossos irão viver!
Que cada um de nós faça o que a sua consciência lhe ditar para que possamos passar um Bom Natal!



sexta-feira, novembro 20

terça-feira, novembro 17

Vergonha dos “Jobs for girls”

Em Agosto passado a Governadora Civil de Faro, Isilda Gomes pediu a demissão para se apresentar como candidata às eleições legislativas!
Até aqui tudo bem!
Demitida que foi o Governo nomeou novo Governador Civil, e foi empossado, de seu nome Carlos Gomes!
Ainda até aqui, tudo bem!
Mas, como as eleições correram mal e o PS/Algarve perdeu três lugares, não foi eleita a candidata Jamila Madeira!
Não podia ser! Tinha que se arranjar lugar para esta candidata não eleita!
Vai daí, o Governo, retira Carlos Gomes de Governador Civil de Faro, pouco mais de 2 meses depois de o ter lá posto, volta a colocar lá Isilda Gomes, e assim, Jamila Madeira já entra como deputada!
O que dizem a isto?
Será que não é vergonhoso?
Nada me move contra Jamila Madeira, bem pelo contrário, até porque sou amigo dos Pais e reconheço nela muito potencial!
Mas isto ultrapassa as raias da decência, não acham?
E com Governantes a fazerem estes arranjinhos, o que podemos esperar?
“Aqui nem se oculta a face”!
Oh, Portugal, Portugal! Onde é que tu vais parar...

segunda-feira, novembro 16

M de Moto Clube de Faro

Apesar de alguém ter alvitrado que aqui se falasse da recente polémica da legalização dos Ar Condicionado, uma vez que o assunto foi devidamente escalpelizado noutro blog de Faro, torna-se extemporâneo, voltar a falar dele!
Assim, o M levou-me a Moto Clube de Faro instituição farense que merece de todos muita consideração.
Todos sabemos que o acontecimento mais mediático que acontece em Faro, é a Concentração organizada pelo Moto Clube de Faro!
Se noutra época era o Farense quem mais fazia a promoção da cidade, pelos motivos que são conhecidos é agora o Moto Clube quem mais faz falar-se de Faro!
Foi nos anos 70 que um grupo de amigos apaixonados pelas motas criou o Moto Clube de Faro!
Durante anos a sua sede foi na R. Cidade Hayard, numa pequena semi-cave, onde todas as noites lá estavam os homens das motas!
Só se formalizaram em Fevereiro de 1982, mas contando já nessa data com a realização de vários eventos!
Neste ano organizam também a 1ª. Concentração de Motas de Faro, que juntou cerca de 200 motards sendo quase todos estrangeiros!
Foi o pontapé de saída para o grande acontecimento que hoje continua e se deseja se prolongue por muitos anos!
Na fase inicial o Moto Clube de Faro enveredou pelo motociclismo tendo organizado algumas provas de velocidade e motocross que serviram para mostrar o interesse dos algarvios pela modalidade, e ao mesmo tempo mostrou a capacidade organizativa do Clube!
Esta capacidade organizativa está bem patente em todas as concentrações que o Moto Clube tem levado a efeito, e já foi publicamente reconhecida pela cidade que homenageou o Clube, e internacionalmente pela Federação Europeia de Motociclismo e pela Federação Internacional de Motociclismo órgãos de que faz parte!
Falar do Moto Clube é falar do Zé Amaro!
Ele é o Moto Clube e o Moto Clube é ele! A sua dedicação à causa é de todos conhecida!
Tem sido com muita paixão que Zé Amaro tem ultrapassado todas as dificuldades para levar a efeito uma das maiores concentrações de motos da Europa!
Mas, ninguém consegue nada sozinho, e à volta de Zé Amaro há muita gente que sempre respondem presente na altura necessária! Julgo que posso também falar do Fernando Fernandes, outro elemento activo desde a 1ª. Hora, tal como o Secretário-Geral! E aqui ficaria a indicar elementos que tanto têm contribuído para o engrandecimento do Moto Clube de Faro pois são tantos e tantas...
Mas, um ponto que é fundamental fazer realçar é a vertente social do Clube!
É que não se limitam a organizar uma coisa que gostam, mas através dela têm contribuído para a melhoria de várias instituições, com a oferta de equipamentos de alto valor!
As ambulâncias que têm oferecido comprovam bem esta preocupação social do Clube!
E se nada mais houvera para agradecer ao Moto Clube, este facto seria suficiente!
Uma última palavra para alguma população de Faro:- Não sei como pode haver Farenses que estão sempre contra a concentração de motas!? É uma vez por ano e leva aos quatro cantos do mundo o nome da nossa terra!
Só podemos fazer uma coisa:- Apoiar o Moto Clube de Faro

domingo, novembro 15

Este vai para Loulé

Águas Frias é um lugarejo do interior algarvio, na freguesia de Alte!
Porque não é local de passagem, o "movimento" é reduzido e os visitantes são poucos!
E eu sou um dos poucos visitantes que lá vai com alguma frequência!
Assim vou aos poucos conhecendo as suas gentes e costumes e alguma da sua "estória"
E Águas Frias tem "estória" para contar!
Sendo uma zona agrícola, "sofria para exportar" o que produzia e "sofria para importar" o que necessitava!
Não tinha acessos e para agravar a situação a Ribeira do Arade, que por ali passa, muitas vezes enchia a ponto de deixar o povoado isolado do resto do mundo!
Assim, há cerca de 40 anos, ou mais, a população resolveu ligar-se à civilização, e fez, com as suas próprias mãos, e com o apoio financeiro da Câmara de Loulé no valor de 800$00 (oitocentos escudos) e o empréstimo de um carro de mão, dizia, que a população fez o caminho que os ligou ao Azinhal, "a porta de entrada para a civilização"!
Pouca gente terá tido coragem como esta gente teve, e assim, durante cerca de 4 anos, cada um dando o trabalho que podia, lá foram fazendo os 7 Kms. de caminho da sua "indepêndencia"!
E fizeram !!!
Pois agora Águas Frias está novamente a unir a sua população, não para fazer outro caminho, mas para se defender da REN!
A Rede Eléctrica Nacional, quer fazer passar por cima da cabeça dos moradores duas linhas eléctricas, uma de alta e outra de muito alta tensão!
Dizem as entidades envolvidas que não faz mal algum....
O que é certo é que situações destas têm ocorrido um pouco por toda a parte, e os moradores têm conseguido alterar "o percurso" das ditas linhas!
O que mais revolta aquela gente é que havendo imenso espaço para fazer passar as "malditas" linhas, estas tenham que passar mesmo por Águas Frias!
O que lhes disse é que certamente que a REN faz a obra que tiver menos custos!
Este é um princípio básico deste tipo de empresas!
Assim, a população já fez um abaixo assinado pedindo a alteração do traçado, e quer ser recebida pela Câmara de Loulé, para expor os seus receios!
Certamente que Seruca Emídio os vai ouvir e ajudar a ultrapassar esta situação que está preocupando as gentes de Águas Frias!

P.S.- O que encontrei na Net :- Localidade com cerca de 70 habitantes (2005). Foi aqui escavada uma necrópole de cronologia indeterminada. Não possui saneamento básico nem abastecimento de água

sexta-feira, novembro 13

BOM FIM-DE-SEMANA

Nem sempre temos disponibilidade para fazer o que necessitamos!
Presentemente, as horas livres são poucas, o que me impede de dar aos leitores do "Faro Este" o que eles merecem:- Assuntos novos!
Para a próxima semana voltará o abecedário de Faro à ordem do dia!
Cmpts

segunda-feira, novembro 9

L de Largo de S.Luís

Esta letra L dá realmente para muitas coisas! Dá para largos, dá para Ludo o pulmão de Faro, dá para Lejana de Cima e seus habitantes, dá para limpeza da cidade, e dá para muito mais...
Mas, o Largo de S.Luís, com a sua capela do século XVII, é um os pontos de grande confluência de Faro!
E aqui começam os problemas do local!
Para ali “descarregam” a R. Ataíde de Oliveira, a R. dos Celeiros, aquela ao lado do estádio, mais a que vem do bairro da Coobital, e a que vem da rotunda do hospital!
É realmente um volume grande de trânsito que leva a que a zona seja de permanente engarrafamento! Mas, contra isto pouco se pode fazer!
Não vejo que alterações poderiam minimizar este problema!
Acredito que um dia a rua a meio do largo e que está no enfiamento da rua e estrada de S. Luís, possa vir a desaparecer, para dar lugar a um espaço único!
Penso também que no médio prazo todo o largo poderá vir a ter um estacionamento subterrâneo, se o Estádio for convertido em habitação e zona comercial!
Mas até lá.......?????
Mas vamos lá falar do que interessa e não venham falar de xenofobia!
A “Boutique Alcofa”, como lhe chamo e de quem sou cliente, precisa urgentemente de ser tratada!
Não digo que tem que acabar, pois até dá jeito a muita gente e aos “comerciantes locais”, mas aquele espectáculo tem que ser “ordenado”!
O “Faro Este” já por duas vezes falou do local, em Julho de 2006 e Maio de 2007, e tudo o que disse na altura mantém-se actualizado!
Aquilo quase parece um campo de refugiados do Afeganistão!
E, se durante as horas de expediente local, não se nota muito, quando os estabelecimentos fecham as portas, então é uma vergonha!
Olhem com olhos de ver e dir-me-ão o que acham!
Desde “tendas”(?) com péssimo aspecto, a velhas viaturas que servem de contra-loja, à sujidade permanente, há de tudo um pouco!
E aqui questiono a Câmara sobre aquelas viaturas!
Se andam a recolher as viaturas abandonadas da cidade, como tratam aquelas?
Será que não há um tipo de “estabelecimento digno” que ao fim do dia possa ser fechado e que dê um ar normal ao largo?
Este tipo de negócio existe em todo o país! Só que nos outros sítios se apresenta com aspecto bem mais limpo e convidativo!
Não sei se há algum regulamento sobre a actividade dos feirantes! Mas, se não há. deve ser criado para que estas “feiras” tenham um ar apresentável!
Que o Largo de S.Luís é um péssimo cartão de visita da cidade ninguém tem duvidas!
E atendendo à proximidade do Hospital e de alguns serviços da Câmara, há sempre muita gente a passar por ali que fica perfeitamente horrorizada com o que vê!
Se a isto juntarmos o facto da Capela de S.Luís, fazer parte de todos os roteiros turísticos como local a visitar em Faro, estamos então perante uma situação a que urge por termo, criando condições para que aquele tipo de negócio se apresente com ar saudável!
Fica agora um artigo que encontrei na Internet sobre a zona
..........................................................................................................
A Ermida de São Luís é um dos edifícios "notáveis" de Faro.
É um pequeno templo situado no Largo de São Luís, em frente ao Estádio de S. Luís, propriedade do Sporting Clube Farense, terá sido construído no século XVII como sede de uma pequena confraria rural. Durante alguns tempos, a Ermida permaneceu isolada, embora nos dias de hoje a cidade já tenha integrado o seu local no tecido urbano.
Foi substancialmente remodelada no início do século XIX, uma iniciativa que surgiu por parte do Bispo D. Francisco Gomes do Avelar e realizada pelo arquitecto de origem italiana Francisco Xavier Fabri (arquitecto responsável por outros edifícios da cidade, como sejam o Arco da Vila e o seminário Episcopal de Faro). Com uma planta longitudinal é composta por uma nave única, capela-mor, sacristia e anexos. Apresentado uma fachada sóbria delimitada por cunhais em cantaria e coroada por um frontão triangular.
(Séc. XVII) Construção da Ermida.
(1755) Parcialmente destruída pelo Terramoto.
(Séc. XVII) (2ªmetade) Reconstruída
(1806) Reformulação da fachada por iniciativa do Bispo do Algarve, D. Francisco Gomes do Avelar e Executada por Francisco Xavier Fabri.
Ainda no Local poderá admirar o Cruzeiro da Ermida de S. Luís datado de meados do século XVII, tendo sido colocado nesta área, aquando da edificação da Ermida neste local.
Elemento em pedra de dimensões consideráveis, de fuste arredondado com terço superior delimitado por anel e os términos da cruz e dos braços em forma trilobada. A cruz é toscana e assenta numa base quadrangular composta por três degraus.

sexta-feira, novembro 6

Bombeiros de Faro - Dois em um ?

O assunto da "junção" das duas corporações de Bombeiros de Faro, está outra vez na ordem do dia!
Macário Correia "agarrou" este assunto, que há anos que é discutido, mas que nunca passou disso mesmo, discussão!
Espero que agora, da discussão nasça a luz, e que finalmente se passe à acção!
Obviamente que juntar profissionais e voluntários, seja em que actividade fôr, é uma "mistura explosiva"!
Mas, o que parece indiscutível, é que os Bombeiros Voluntários têm que sair rapidamente daquilo a que chamam quartel!
Só o voluntariado se sujeita a trabalhar nas condições em que os Voluntários de Faro trabalham!
Quem conhece o "quartel" sabe bem que não tem as mínimas condições!
Assim, parece não haver qualquer duvida que a saída dali tem que se operar rapidamente!
Nem o argumento de alguns que com as corporações separadas, podem ser accionados rapidamente, em função da localização do sinistro, uns ou outros, convence alguém, pois todos sabemos que a localização dos Voluntários os obriga a fazer um autêntico labirinto para irem para qualquer lado!
Então, é necessário um novo quartel para instalar com dignidade os Bombeiros Voluntários de Faro!
Mas isto custa dinheiro que não há!
Os Voluntários vivem de subsídios e cotas de associados, cotas estas cuja receita "não dá para pagar a um cego"!
Assim, a solução teoricamente mais simples parece ser a fusão de Voluntários com Municipais!
Pessoalmente julgo que nem uns nem outros querem esta solução!
A concorrência e o orgulho são os motivos mais evidentes!
Mas, Faro tem que estar acima destas "guerrinhas" e tem que evoluir!
E se a solução é aproveitar as sinergias de todos os bombeiros e equipamentos, então vamos arranjar um só quartel, moderno e com as condições necessárias, e Faro passará a ter um verdadeiro Quartel com profissionais e voluntários à altura!
É melhor ter um bom que um razoável e outro "vergonhoso"!
Daí que seja bem vinda a "fusão" dos dois, numa solução hoje em dia muito usada de "Dois em Um"!

Batalha à noite (2)


Fotos feitas com um telemóvel - Clique sobre as fotos para aumentar

Batalha à noite


Fotos feitas com um telemóvel - Clique sobre as fotos para aumentar

quarta-feira, novembro 4

terça-feira, novembro 3

Dois dias ausente

Em serviço até à Batalha

segunda-feira, novembro 2

J de JARDIM MANUEL BÍVAR


Continuando com o abecedário de Faro, para a letra J ocorreu-me falar do Jardim Manuel Bívar !
Este jardim, por muitos chamado o Jardim da Doca, é o grande ponto de encontro de Faro!
É aqui que, quem vem de fora, faz o centro nevrálgico da cidade e é aqui que quase tudo acontece na nossa terra!
Todo o tipo de feiras, desde o livro, aos doces, passando por artesanato, é aqui que acontecem!
Por outro lado, o que é música e folclore também acontece neste jardim e no palco da doca!
Também o coreto tem honras de espectáculos musicais!
Quando necessário aqui se instala um écran gigante para os Farenses viverem algum evento desportivo de interesse nacional!
Mesmo provas desportivas, nomeadamente o Grande Prémio dos Reis tem aqui a partida e chegada!
Também o combóio turístico aqui começa o seu percurso pela cidade!
A política também durante vários anos tinha aqui a sua "rentré" com as festas do Pontal e não só!
Até a concentração das motas acaba por se realizar um pouco neste jardim!
Portanto, é aqui que quase tudo acontece!
E convenhamos que é um local encantador!
Rodeado de grande beleza arquitectónica, com o edifício do Banco de Portugal, a Santa Casa da Misericórdia, com a sua Igreja, o Arco da Vila e o edifício do Governo Civil, e virado para a "marina dos pobres", convida, à sombra das frondosas árvores, a apreciar a paisagem!
Manuel Bívar terá sido um engenheiro que alcançou notoriedade no princípio do sec. passado!
Infelizmente pouco se encontra na net sobre a sua figura!
Acredito que alguns leitores possam aqui vir deixar um pouco da história desta personagem!
Pessoalmente, gostaria de ver o jardim com uma iluminação mais eficiente!
É o que registo de menos bem!
De resto, parece ser opinião generalizada, que é um bom cartão de visita de Faro!
Esperemos que a doença que actacou as palmeiras não vá provocar grandes estragos e fazer alterar a imagem do nosso jardim!
.............................................................
Este vasto jardim, entre a doca, o Arco da Vila e o começo da Rua de Santo António é um dos espaços marcantes da cidade. Com palmeiras, esplanadas e grandes passeios é ponto de encontro dos farenses e local privilegiado para apreciar algumas das paisagens da Ria Formosa, com a Ilha de Faro ao fundo.