segunda-feira, fevereiro 8

Faro, que segurança ?

Volto a confessar que a vontade de escrever alguma coisa no “Faro este”, tem sido pouca!
Porquê?
Não sei, mas é certamente em parte porque vai faltando a paciência por ver algum tipo de comentários que aqui são feitos!
Claro que se quisesse bloqueava os comentários! Mas como discordo que um blog funcione assim, continua tudo como até aqui, eventualmente com menos “posts”!
E quando houver matéria e vontade aqui estarei!
É agora o caso!
Há dias, pela via profissional conheci um agente da autoridade colocado em Faro!
Conversa puxa conversa e vem à baila a segurança da população de Faro e do concelho!
E aí, fiquei a saber, que coisa que não existe é segurança da população do concelho de Faro e da cidade!
Vamos começar pelo concelho, excluindo as freguesias da Sé e S. Pedro!
Nestas freguesias a segurança é feita pela GNR Territorial!
Pois fiquem a saber que à noite, para todas as freguesias do concelho com excepção das já indicadas, há 1 (uma) patrulha para fazer a segurança e tomar conta ,por exemplo de acidentes....
Quer dizer que se houver um toque no Patacão, essa patrulha vai tratar da ocorrência e não há mais nenhuma para todas as outras freguesias do concelho que não as da cidade!
Portanto, meus amigos Farenses mas não de Faro, se estiverem a ser assaltados, a probabilidade da GNR vos acorrer em tempo útil é quase tão difícil como acertar no Euro milhões!
Porque não questionam os Presidentes das Juntas de Freguesia sobre esta matéria?
É que em boa verdade, segurança é coisa que não existe no concelho!
Mas os Farenses de Faro não pensem que na cidade a coisa está melhor!
É verdade que já lá vai o tempo em que as patrulhas da PSP só podiam fazer 50 Lms, com a viatura....
Mas, uma vez que 90 agentes que faziam todo o normal trabalho da PSP se transferiram para o Corpo de Intervenção, e não chegaram a Faro novos agentes, não há pessoal para fazer o normal policiamento da cidade!
Durante o dia, e se excluirmos a “Escola Segura”, o reboque e uma patrulha de bicicleta, há mais quatro, incluindo o “Trânsito”!
Mas à noite há só duas! Convenhamos que é muito pouco para esta cidade!
As duas que há deslocam-se em viaturas e daí que tenhamos deixado de ver aquelas patrulhas a pé que durante tantos anos patrulhavam a cidade!
Portanto, à noite temos 4 agentes e 2 viaturas para nos defenderem de qualquer coisa!
Nos dias de maior movimento nas zonas dos bares a C.I. anda por lá a mostrar-se!
Mas esta polícia só actua em situações especiais, isto é, se telefonarem para a PSP a dizer que estão a ser assaltados, mesmo que haja elementos da CI no quartel, não saiem para estas missões!
Portanto, a cidade de Faro, está entregue a si própria e numa altura em que a criminalidade “barata” está a aumentar assustadoramente!
Certamente que o Governo Civil e a Câmara de Faro estão a par da situação!
Assim o que se pode desejar é que estas duas entidades pressionem quem de direito para
repor em faro o número de agentes necessários para que nos possamos sentir minimamente em segurança!
Vão sair brevemente, ou já saíram da Escola de Polícia de Torres Novas, mais mil novos agentes! Acontece que Lisboa absorve 600 e os outros 400 irão para o Porto, Setúbal, Coimbra, Braga, Viseu...e não sei se chegará alguma a Faro!
Posted by Picasa

4 comentários:

Anónimo disse...

Finalmente o Sr. deu um ar da sua graça!Continue a publicar tudo o que escrevem para todos poderem ver a porcaria que existe em todas as tendências.
Longe vão os tempos das patrulhas da PSP a pé e de bicicleta, pois apenas havia um carro (carocha) que era do comandante, um carro celular e penso que mais nada, em serviço nas esquadra do jardim onde agora é o Governo Civil e na da Rua do Alportel perto do Seu Café.Nesses tempos não haviam telefones e por isso justificava-se mais uma presença pessoal nas ruas, mas agora com todas as facilidades de comunicações e de transporte pode-se perfeitamente fazer mais patrulhas de carro, embora não se devesse deixar chegar ao ponto em que estamos.Não há dúvida que se nota falta de pessoal PSP em Faro, mas não deve ser possível virem mais para cá facilmente pois o buraco negro que é Lisboa não absorve só novos agentes,mas também dinheiros.Pensem só que um quilómetro de autoestrada lá dá para fazer 5 ou 10 aqui!Já agora e a propósito dos recentes acontecimentos no Marvão e Ódidos qualquer dia temos é polícia espanhola aqui!Mas isto é o seguimento da política das "comadres":uma barragem feita para os espanhóis,combóio de alta velocidade com o traçado que eles querem e agora polícia!Esta é a ditosa Pátria minha amada que está entregue a esta cambada!

sergio disse...

"Porque não questionam os Presidentes das Juntas de Freguesia sobre esta matéria?
"

Caro Pedro, não é melhor perguntar ao presidente da CMF? Um presidente de junta não tem poderes ou influências para mandar cantar um cego. A segurança não é uma competência das juntas de freguesia e a solicitações destas a GNR diz que não tem meios para mais. A CMF tem um conselho municipal de segurança em que as respostas são normalmente que a GNR ou a PSP não têm meios para mais. O que fazer? Perguntar ao presidente da Junta? Ir logo aos responsável competente? O Algarve está onde está e mesmo o país porque uns votam de 4 em 4 anos e já está e outros nem votam e falam mal de tudo mas lá no fundo as pessoas estão-se nas tintas para o que vai mal e que geralmente só afecta os outros.

Anónimo disse...

A Câmara de Faro tem que exigir mais policiamento para a Capital do Algarve. É da responsabilidade deles.

Anónimo disse...

A noite existe mais policias do que o que voçes estão a dizer.
Podem é ser só para multas porque eu ja tenho visto multarem um e logo a seguir pôem-se atras do primeiro carro que aparecer até que ele cometa alguma infração.
Não aldrabem com falta de meios digam é a verdade:estão só interessados em sacar "papel" aos contribuintes.
Fazem-se passar por gente boa as pessoas vão na "cantiga" e depois dizem na televisão que SÓ passaram 500mil multas.
São quase uns anjos...