domingo, setembro 24

Fim-de-semana "serrenho"

Este fim-de-semana "fugi da civilização" e retirei-me para o meu "palheiro" serrano, no coração da Serra do Caldeirão!
Teóricamente seria para descansar, mas, experimentem a arranjar "um brinquedo" destes e vão ver que "inventam sempre" coisas para fazer!
Resultado:- vem-se de lá estoirado! Não é que se faça muito, mas a falta de hábito, associado ao "PDI"....
Mas é verdade que dá gozo!
Fazer de electricista, carpinteiro, canalizador, pintor.....
Mas tudo feito num ritmo entre o lento e o muito lento, caíndo frequentemente no parado!
Mas estas habilidades só se fazem longe da civilização, até porque não há quem lá vá fazer alguma coisa! Assim, há que desenrrascar! E é aí que "os montanheiros nos batem aos pontos"!
Eles nascem, vivem e morrem, a ter que fazer de tudo um pouco! É a lei do "desenrrásca"!
Daí que são multi-facetados e sabem um pouco de tudo! São agricultores, engenheiros, electricistas e pedreiros, arquitectos e doutores, cozinheiros e parteiros.....
Afinal, pergunto eu, quem são os montanheiros? São eles ou somos nós "os meninos" da cidade? Posted by Picasa

2 comentários:

Joaquim Seita disse...

És um previligiado estou mesmo a ver, mas ainda bem que é assim, eu tenho a sorte de gostar e poder ainda (o meu pdi ainda não atacou muito)andar de bicicleta (btt) e em alte no dia 25 de Abril faz-se uma concentração de bttistas todos os anos, como deves saber e é um espectáculo ver cerca de 2000 malucos a pedalar por essa terra maravilhosa e depois ir até á ribeira almoçar, á cinco anos a esta parte não perco um, para o ano se Deus quiser eo pdi tembém estarei lá, aparece nem que seja para o passeio pedestre Pedro .

Bem hajas

Amigo Pedro

Um abraço

J. Seita

Patricia disse...

realmente fazes uma questão pertinente!

beijos