sexta-feira, fevereiro 16

Meditando

Nos últimos dias tenho-me dedicado a meditar....
E a meditar sobre Faro e os Farenses....
E a meditar "porque me ando a armar em parvo"?!
Sou um cidadão o mais comum possível, profissional, financeira e familiarmente feliz, não me podendo queixar do que Deus me dá!
Tenho uma casinha com o que é necessário para uma boa qualidade de vida, tenho ainda outra casinha que é um refúgio onde os problemas de trânsito, estacinamento, vizinhança, e tantos outros não me incomodam, ainda tenho um "toldo" para quando quero ir para a praia, tenho meios próprios de transporte não tendo que recorrer aos transportes públicos, tenho assistência médica em casa e familiar podendo prescindir das filas para ser assistido, tenho possibilidade de conhecer outras terras e outras gentes não tendo que passar os tempos livres no banco do jardim, tenho um "naipe" agradável de Amigos e um monte de conhecidos, devo ter alguns inimigos que desconheço mas que não me tiram o sono, não preciso da Câmara nem de serviços correlativos pois não sou construtor civil e não sou empresário, portanto, "porque me ando a armar em esperto, ou parvo", a preocupar-me em querer mais e melhor para Faro e par os Farenses?
Sonhei que era possível encontrar um grupo de Farenses que só pelo amor à terra se uniriam em torno dela, sem esperar por contrapartidas, nem favores, nem tachos, nem nada...Sonhei e o sonho virou pesadelo! "Juntos por Faro" não passou disso! Um sonho que acabou em pesadelo!
Faro é uma cidade com outra qualquer deste Portugal! Tem os serviços normais, o trânsito normal, o ensino normal, o estacionamento normal, a cultura normal, o desporto normal, tem tudo normal....E tudo isto funciona normalmente e "sob a batuta" de pessoas normais, que normalmente foram eleitas pela forma normal, vão normamlmente governando uma terra de gente normal! Então se tudo é e está normal, "porque é que um anormal como eu" se anda a preocupar em querer que tudo seja melhor que normal?
Gostáva que Faro fôsse uma cidade em que tudo não fôsse sómente normalidade! Uma cidade onde os Farenses normais tivessem uma palavra a dizer sobre o trânsito caóticamente normal, o normal estacionamento inexistente, a anormal cultura normal, as anormais filas de espera para quase tudo, mas que são normais, dizia, uma cidade onde os Farenses tivessem uma palavra a dizer sobra a anormalidade da normalidade de Faro! Mas, "só um anormal como eu", que até sou normal, "sonhou" com uma anormalidade destas!
Vamos continuando "Juntos por Faro" vendo com normalidade as anormalidades que todos os dias se atravessam à nossa frente na terra que nos viu nascer,e vivendo felizes por termos uma terra medianamente normal!
"Este anormal vai despir a farda" para continuar a ser um Farense normal....

7 comentários:

Anónimo disse...

Caro Pedro, estou particularmente triste com esta sua decisão. Durante algum tempo tive esperança de que finalmente as coisas iam começar a mudar. Porque desistiu tão facilmente desta sua ideia? "Juntos por Faro" é um bom projecto. È óbviu que não é fácil lutar contra os interesses instalados, é mais do que evidente que vai dar trabalho (muito trabalho); vai ser dificil descernir entre quem é que realmente está interessado em participar de forma desinteressada de quem participa para atrapalhar, vão-se fazer "inimigos", etc, etc... Uma luta permanente. De facto isto é uma tarefa para alguém com fibra, com muita fibra e determinação. Eu não conheço o Pedro, mas pelo que tenho lido aqui no seu blog parece-me ser um individuo com estas características. Será?
Lamento, lamento muito.
Um projecto destes inevitavelmente irá surgir em Faro. Faro precisa de uma inicitiva destas. Aguardo pacientemente.... AP

Pecaaas disse...

Caro AP
Obrigado pelas suas palavras!
Não sinto receptividade por parte dos farenses para se juntarem num projecto destes! Julgo que Faro só teria a ganhar! Eu, infelizmente, mal tenho tempo para aqui vir dizer qualquer coisa! Era preciso alguém com disponibilidade para arrancar com isto!Eu darei o meu melhor junto desse alguém! E farei o meu melhor para fazer chegar a mensagem a todos os farenses! Precisávamos de meia dúzia para definir formas de actuação, divulgação, projectos,... e mobilização!Encontrar um sítio para as primeiras reuniões....
Eu estou pronto para me juntar a um grupo de trabalho que poderá ser o iniciador do projecto! Mas, é preciso mais gente, pois mais gente trás mais idéias, traz outros pontos de vista, trás novos projectos, provoca o germinar da semente...
Um abraço
Pedro

Anónimo disse...

Quem perde os seus bens,perde muito;quem perde um amigo,perde mais,mas quem perde a coragem,perde tudo.
"Miguel Cervantes"
Se uma pessoa tem convicções deve lutar por elas.Quêm luta pela melhoria da cidade,no que concerne,a melhoras trânsito,no estacionamento,na cultura,na acção da câmara perante os municipes e tantas outras coisas não é uma anormalidade, é sim uma normalidade.
Anormais são os outros,que nos clamam como tal,já Aristóteles dizia que "o homem define-se como um animal politico,isto é a sua natureza deve
ser procurada nas comunidades de que faz parte e é reconhecido como membro pelos seus pares".
JUNTOS POR FARO,será uma realidade custe o que custar, tendo em conta o dever de qualquer cidadão de participar na vida da sua comunidade,não será uma utopía mas sim uma realidade.
Conselho de Cidadania,Movimento de Cidadania,ou Juntos por Faro,escuzado será de dizer que não interessam ás Oligarquias Partidarias,pois o controle dos mesmos é mais dificil,no fundo as pessoas quando são bem ilucidadas,não desprezam a cidade que os viu nascer.Viva Faro,Juntos por Faro.
Bélinha

fareniente disse...

Não o conhecendo pessoalmente mas acreditando na bondade das suas propostas e preocupações, que para mim também são evidentes e que partilho, parece-me que está demasiado pessimista e se pensa desistir é porque verdadeiramente não acredita no que diz e escreve. A não ser que... seja uma forma de abanar consciências o que já é positivo e salutar. Sendo certo que quem está de fora da teia burocrática que nos governa, que tolhe os movimentos e acções de quem tem a capacidade de decisão, tem uma visão idílica e afastada da realidade, também é verdade que a sociedade civil devia ter uma acção mais participativa e interventora. Não me parece que tudo o que vem dos partidos seja mau, o mal está naqueles que se aproveitam dessa condição. No entanto isso acontece mesmo que as pessoas se constituam em associação/grupo/movimento da sociedade civil!
Já agora, quem escreveu o hino do Farense que a todos nos fez vibrar nas festas do Jamor, não pode desistir do sonho de uma cidade melhor e mais bonita. Um dia vamos falar, com toda a certeza, da nossa cidade.

Pecaaas disse...

Caros Farenses. Compreendo e aceito perfeitamente os vossos comentários!E se interiormente uma força me impele para avançar, a minha parte racional aconselha-me a muita precaução e avaliação bem profunda do assunto!É verdade que em primeira instância o abanar consciências era a intenção principal! Mas depois comecei a "sonhar" que se devia e podia ir mais longe!Acredito que há muitos Farense que sentem Faro tal como nós!Mas, onde estão? "Vamos procurá-los e se os encontrármos deitamos mãos à obra?!" Por mim, vou sensibilizar os que me quiserem ouvir e "sentir se sentem Faro" e querem estar juntos poe ela.
abr
Pedro

Anónimo disse...

A precaução é normal,mas na realidade as situações existem,como tal um conselho:consultem o
Aviso do Departamentode Urbanismo nº107/2007,e o Aviso nº121/2007 no total de 29,770 m2,futuras construções nas entradas da cidade.Não tenham problemas basta consultar o site da Câmara Municipal de Faro.Analizem e tirem conclusões,por estas e por outras é que cada vez mais o Juntos por Faro,faz sentido.Estes Avisos irão ser postos á Discusão Publica,veremos quantas objecções irão ser postas,onde é que se encontram os Arquitéctos, e os Paisagisticos? Imagino as bocas quando se fala nisto:Pedro, não te matas nisso,a malta é amiga,é malta do nosso tempo etc..etc...
Zita

Pete disse...

Pedro os nossos sonhos e esperanças que o meio aonde vivemos possa toranar-se melhor são sempre boas, por isso acho que não deve desistir daquilo em que acredita.

Um Abraço e bom Carnaval.