terça-feira, abril 24

25 de ABRIL, SEMPRE!

Aí está mais um aniversário do saudoso 25 de Abril.
Para alguns, como eu, que o vivemos antes, durante e depois, continua a ter a mesma força e a provocar os mesmos sentimentos!
Mas, para muitos outros, é já um feriado como outro qualquer.....
E assim se faz a história!
Mas, para todos, foi, e será sempre, o Dia da Liberdade!
É certo que essa liberdade muitas vezes não teve a necessária responsabilidade a acompanhá-la, o que provocou inúmeras convulsões!
Mas, também isto é mormal a seguir a um processo revolucionário!
No entanto, passados que estão 33 anos, muito do que os portugueses esperavam ainda está por fazer!
Será que a recente "eleição" do melhor potuguês não terá sido um "sinal de revolta" por tudo o que ficou por fazer?
A nossa Democracia, que nasceu em Abril, "explodiu" de forma imortal e deu origem a um novo Portugal!
Mas será que a nossa Democracia "não parou no tempo"?
Será que "valores obscuros" não estão todos os dias a enevoar a nossa Democracia?
A corrupção, o compadrio, a burla, a falsidade, a política e os políticos, os partidos, a lavagem de dinheiro e de idéias, e um nunca mais infindar de "valores", vivem agora à sombra de uma Democracia, como se lhes assistisse todo o direito de conviver com os verdadeiros valores e princípios!
E nada acontece e os dias passam iguais aos dias que já começam a estar distantes....
"Oh! Portugal, Portugal, onde é que tu vais parar...."

8 comentários:

Anónimo disse...

O País encontra se num estado lamentável graças ao povo,
este ano até se elegeu o salazar como maior ou melhor português de sempre,a mania que a esquerda politica,tem de fazer é esquecer a ditadura neste dia que pouco já diz aos portugueses é ridiculo.
Para muitos portugueses os salvadores de portugal são os capitães de abril ex:salgueiro maia e sua trupe, ora isso é errado,sabendo que os herois são os 9000 e uns tantos desaparecidos em combate, estes e os restantes que deram a vida por esta nação ultramarina=ultramar estes sim é que deviam ser patenteados como heróis.
Nada devo a este dia,é como outro dia qualquer,é uma passagem,uma
marca na história.

João,Lisboa.

WatchMan disse...

Eu devo a este dia a possibilidade de pensar com a minha cabeça e dizer aos outros como pensei. Acho que todos lhe devemos isso...

Anónimo disse...

Não há regimes perfeitos porque os homens são imperfeitos. Mas não há dúvida de que há uma diferença abismal entre o antes e o hoje. Uma Guerra que nos sugou. Uma sensura que nos atraiçoou e atrasou. Um regime que tudo controlou. Milhares de artistas, pintores, cantores, actores, escriotres que nunca puderam mostrar as suas obras; A proibição de outros credos religiosos; Mais de 50% de analfabetismo; A mais alta taxa de mortalidade infantil da Europa;A mais alta taxa de tuverculose; Não havia serviços públicos de saúde e as mulheres não podiam ter conta bancária, , alugar um apartamento, ir ao estrangeiro, abrir um comércio sem autorização do marido.
E já chega, porque levaríamos aqui a noite inteira a enumerar as desgraças. Pena é que osa jovens de hoje (alguns) se mostrem tão admiradores daquilo que nºao viveram. Pura ignorância. VIVA o 25 !- António da Louletania.

sonhadora disse...

liberdade, sonho, paixão.
Beijinhos embrulhados em abraços

Anónimo disse...

Até a triste Coca-Cola era proibida !
Estava a ver a TV ontem onde contavam que um grupo de Jazz que veio a Portugal nessa altura e dedicou um número aos soldados do ultramar, foram todos presos e expulsos do País. UMa vergonha que ainda hoje nos envergonha. LISA - Quatro

Anónimo disse...

Não há comparação possível. Amigfos meus que na escola andavam de pata descalça e viviam miseravelmente têm hoje graças a Abril, belos carros, boas casas er os filhos bem encaminhados. Quem diz que o 25 de Abril não serviu para nada ou é mal intenciuonado ou ignorante. ALexandre

Anónimo disse...

Como diz o meu conterrãneo ... louletanias à parte ...
25 de Abril SEMPRE.

:)

Liliana

Pecaaas disse...

25 de Abril, SEMPRE!
É o que diz o "faro este"!
Mas está ainda a faltar muita coisa e o post "leiam e meditem" diz muito.
Abr
Pedro