domingo, agosto 9

ZipZip versus ZigZag

Faleceu Raul Solnado!
Fazer o elogio fúnebre à pessoa fica para os entendidos!
Certo é que Portugal perdeu um grande artista, e cómico, que não precisava de recorrer a asneiras para fazer rir!
Os cotas como eu riram inúmeras vezes com Solnado!
Fica a saudade!
Mas, por falar em Solnado, associamos de imediato o grande programa da TV, ZipZip!
Foi um programa, que para a época, foi uma pedrada no charco!
E ao falarmos do ZipZip vem-nos à memória o ZigZag!
Quem se lembra do ZigZag Show?
Eu dou uma ajuda!
Na época do ZipZip, um grande farense, infelizmente já falecido, o "Barão das "Buzinas" resolveu organizar um espectáculo a favor do Farense!
Naquele tempo faziam-se peditórios, organizavam-se festas, faziam-se campanhas, tudo a favor do Farense!
Era o amor à camisola! Dos que jogavam e dos que apoiavam!
Pois o Barão resolveu organizar e organizou mesmo, no Cinema de Stº. António, hoje Atrium de má memória, o ZigZag Show!
Era uma réplica do ZipZip, com gente local!
Eu lembro-me de ter acompanhado à viola o grande fadista Amériquinho, que anos mais tarde, desiludido com a vida e depois de ter actuado na Gruta das Figuras, resolveu enforcar-se!
Sei que o Horácio Santos e o Fontainhas também colaboraram!
O grande pintor Sidónio de Almeida também teve o seu tempo de antena, e muitos mais que não me recordo!
E se Raul Solnado está a ser homenageado por todo o Portugal, eu deixo aqui a minha homenagem ao Barão da Autosil !

4 comentários:

Anónimo disse...

Ò Pedro sei,porque já vi,fotografias desse evento com o cinema completamente lotado!Quem as tiver,que nos mostre,pois os que hoje,só criticam e nada fazem,talvez tivessem um momento de reflexão,talvez...Quanto ao Amériquinho,que figura,sempre de fato vestido e capaz de em qualquer "Sevilha"nos brindar com o seu reportório.Outros tempos,outras mentalidades.

Anónimo disse...

Lembro-me perfeitamente do ZIGZAG Show! Foi mesmo um show!
E o Barão das buzinas, que a todos os jogos que ía, levava uma bateria a que ligava buzinas a ar!
Outros tempos

Anónimo disse...

O Barão das buzinas está na lista de honra dos maiores farenses de sempre, não só como simples adepto e sócio, mas como pessoa dinâmica, tentando fazer tudo o que fosse possível a bem do seu clube.
Merece ser recordado no centenário do Farense.
Infelizmente também falecido,teve um irmão atleta do clube e, ainda hoje outro irmão não falha um jogo, em Faro ou fora.
Farenses dos verdadeiros.

Farense em Lisboa

marceano disse...

Que seja bem e bom, para todos.
O Barão e eu fomos sempre bons amigos. Sempre.~
Uma homenagem, recordação.,saudades.
bem haja, para ele.
Com a amizade que merece.
Que estas ondas lhe dêm um carinho humano. De todos os que gostam dele. Fez parte da nossa vida.!!!